Home     Notícias     Avril Lavigne     Galeria     WTH Magazine     Avril Lavigne Tour     Contato    

14 de junho de 2014

Os 5 vídeos mais desconcertantes de Avril Lavigne.



O site What Cuture fez uma lista com "os cinco vídeos mais desconcertantes" de Avril Lavigne. O site cita "Girlfriend", "Here's To Never Growing Up", "What The Hell", "Rock N Roll" e "Hello Kitty". E afirma que Avril tomou um rumo estranho em imaturo ao logo dos anos.

Confira abaixo:

Spoiler
Olhando para trás ao longo dos anos, Avril Lavigne sempre foi um pouco embaraçosa. Claro, no momento em que pode ter sido tudo totalmente para ela, perguntando aos nossos amigos poseur porque a vida tão complicada, e anseio sobre algum Sk8er boi, mas não era para durar. Infelizmente adolescente schtick rebelde da Avril começou a ficar velha quando ela bateu o grande 2-0, mas isso não a impediu. Como ela continuou, as músicas de Avril, videoclipes, tomou um rumo estranho em Imaturo antes de cair de cabeça em Crazy-ville.

Aqui está o top 5 dos mais desconcertante vídeos de Avril Lavigne...

5. Girlfriend
Provavelmente o menos ofensivo da lista. Uma garota de 22 anos dançando com um uniforme escolar, sendo valentona nos banheiros da escola e chamando a si própria de mother f*cking princess. No final do vídeo, Avril transa com o namorado drogado em um banheiro.
4. Here’s To Never Growing Up:
Nunca crescer, em alguns aspectos não é ruim, mas quando essa mensagem ocorre em um festa de formatura, onde roubam a corroa do baile e depois bagunçam tudo, há, possivelmente algumas questões emocionais mais profundas em jogo. O vídeo de Here’s To Never Growing Up é como se Carrie não tivesse sido capaz de queimar todo mundo até a morte com sua mente.
3. What The Hell:
Em 2011 Avril lançou What The Hell, onde a protagonista do vídeo era uma cleptomaníaca que abusava emocionalmente de seu namorado. Assim, o vídeo começa e Avril tranca seu namorado super-quente em um armário antes de roubar um táxi e dirigir perigosamente por uma avenida. Seu namorado, evidentemente, tendo escapado do armário, corre atrás dela em uma bicicleta tentando impedi-la de agir de modo irracional, mas sem sucesso.
2. Rock N Roll:
Esse vídeo é difícil de assistir, desde o início, por ser metade engraçado e metade de “cair o queixo”. Antes da música, Avril atende seu novo celular da Sony e depois o coloca em um copo cheio de água, porque o novo celular da Sony é indestrutível. A cantora está vestida de militar em o que parece ser um fuga de Nova Iorque em um mundo pós apocalíptico. Há uma cena horrível, onde um carro, dirigido por um cão alcoólatra, bate em uma arvore. O cão morre e Avril beija sua amiga, porque o falso lesbianismo é tão “rock’n roll”. Assistir a este vídeo é como se alguém percorresse a internet em busca de coisas “legais”, e aparecesse isso, sem qualquer consideração. E isso também parece com um acidente vascular cerebral.
1. Hello Kitty:
Para quem não sabe o marido de Avril, Chad Kroeger, ajudou a escrever esta canção, como se você precisasse de mais um motivo para odiar Nickelback. O vídeo começa com Avril gritando palavras japonesas aleatórias (que na verdade se traduzem em “obrigado” e “bonito”), antes de dançar em uma loja de doces. A cantora então faz algumas coisas japonesas estereotipadas, como beber saquê e comer sushi, enquanto está sendo seguida por um bando de mulheres japonesas sem expressão. Este vídeo atraiu uma série de críticas, em parte porque é tão desanimador quanto a cena do elefante rosa em Dumbo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário