Home     Notícias     Avril Lavigne     Galeria     WTH Magazine     Avril Lavigne Tour     Contato    

7 de outubro de 2013

LET ME GO: Avril Lavigne e Chad Kroeger na rádio 104.3 MYfm.

Avril Lavigne e seu marido Chad Kroeger, estiveram há poucos minutos, na rádio 104.3 MYfm, para a premiere mundial da canção "Let Me Go", do quinto álbum da cantora.

Além da estreia do single, o casal concedeu uma pequena entrevista, onde falaram sobre seu relacionamento e como Chad pediu Avril em casamento. Chavril também confirmaram que irão grava o videoclipe da música hoje.

Confira abaixo o áudio completo de "Let Me Go" e o vídeo da entrevista:


Em breve vídeo traduzido

Confira a letra e tradução da canção:

Spoiler
Letra original (não oficial)

Love that once hung on the wall,
used to mean something,
but now it means nothing.
The echoes have gone in the hall,
but I still remember the pain in December.

Oh, there isn’t one thing left you could say:
i’m sorry it’s too late.

I’m breaking free from these memories,
gotta let it go, just let it go.
I’ve said goodbye, set it all on fire.
Gotta let it go, just let it go.

You came back to find out i was gone
and that place is empty
like the whole world was lefting me.
Like we would nothing at all,
It’s not what you’ve made to me,
Thought we were meant to be.

Oh, there isn’t one thing left you could say:
i’m sorry it’s too late.

I’m breaking free from these memories,
gotta let it go, just let it go.
I’ve said goodbye, set it all on fire.
Gotta let it go, just let it go.

And let it go – and now i know
a brand new life – this time this room
and where it’s right – you’ll always know
so this time – i won’t let go.

There’s only one thing left here to say,
love’s never too late.

I’ve broken free from those memories,
i’ve let it go, i’ve let it go.
And two goodbyes led to this new life.
don’t let me go. don’t let me go,
don’t let me go.don’t let me go,
don’t let me go, don’t let me go.
Tradução e Adaptação:

O amor que antes ficava à exposição
Costumava fazer sentido,
Mas agora não significa nada,
O eco se desfaz no corredor,
Mas eu ainda me lembro da dor de dezembro

Oh, não há mais nada que você possa dizer:
Sinto muito. É tarde demais.

Estou me libertando dessa memória
Tenho que me desapegar, deixá-la ir.
Eu disse adeus, botei fogo em tudo
Preciso me desapegar, deixá-la ir

Você voltou ao descobrir que eu tinha ido embora
e esse lugar vazio
como se o mundo tivesse me abandonado,
como se não houvesse mais "qualquer coisa.
Não é o que você fez para mim
Pensei que estava destinado a ser.

Oh, não há mais nada que você possa dizer:
Sinto muito. É tarde demais.

Estou me libertando dessa memória
Tenho que me desapegar, deixá-la ir.
Eu disse adeus, botei fogo em tudo
Preciso me desapegar, deixá-la ir

E deixá-lo ir - e agora eu sei
uma nova vida - desta vez nesta sala
e onde está certo - você sempre saberá
por isso desta vez - eu não vou desistir.

Só há uma coisa a dizer aqui,
o amor nunca é tarde demais.

Eu me livrei de todas essas memórias
Eu que tenho deixá-lo ir, Eu que tenho deixá-lo ir
E duas despedidas nos trouxeram a esta nova vida.
Não me deixe ir, não me deixe ir
Não me deixe ir, não me deixe ir
Não me deixe ir, não me deixe ir

Tradução e adaptação: ALBR

Nenhum comentário:

Postar um comentário